Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Uma coisa a menos: o cartório

É bom ir resolvendo as coisas, não? Hoje fui ao cartório dar entrada no processo do casamento. Já tinha feito tudo necessário na igreja mas faltava ver a parte civil, a qual somos orientadas a fazer 90 dias antes do casamento.

Pois bem: os cartórios abrem às 09h. Como fazia questão de ser a primeira a ser atendida (preciso trabalhar, oras!), cheguei no cartório da Tijuca às 08h20 com o Leandro. Logo depois chegaram as testemunhas, as madrinhas Imma e Flávia - sim, você precisa levar duas testemunhas! Às 09h, abre o cartório e nos chamam - a esta altura, já tinha mais três casais esperando além de nós. Entramos uma salinha e as meninas ficaram do lado de fora. E começa: certidão de nascimento, identidade, comprovante de residência (vale lembrar que é necessário ir no cartório que atende a residência de um dos noivos - eu descobri quais poderiam ser colocando "cartório casamento tijuca" e "cartório casamento lagoa" no Google), CPF. Autentica tudo. Abre firma de todos. Reconhece a firma de todos. E, enfim, a dolorosa hora de pagar. Vamos casar na igreja, o que barateia um pouco, mas entre o valor dos documentos, autenticações e afins, gastamos mais de R$ 300! E perdemos 1h10, aproximadamente. Imagina se não fossemos os primeiros?

Documentos necessários para dar entrada no processo de casamento


Bom, agora, em 25 dias, a habilitação do casamento deve estar pronta. Aí é só buscar no cartório (e pagar mais!), levar pra igreja e, tchanãmmmm, casar! Depois, pega-se o documento assinado na igreja e volta no cartório, não sem antes pagar outra taxa. Simples (#NOT) assim!

6 comentários:

Imma disse...

Ah, que delícia de burocracia! rs Mas foi mt bacana estar com vcs nesse momento, fazendo a burocracia ser mais leve! ;) Tá chegando, amiga!
Beijos!

Musa disse...

Que beleza, Biessa, cartório lembra que está pertinho! :)

Beijos!

Beatriz Amaral disse...

é muita coisa mesmo, dinheiro então, nem se fala! mas aqui em Niterói não precisa ir todo mundo junto... posso ir lá sozinha, preencher e autenticar os documentos de todo mundo, depois cada um assina e reconhece firma por conta própria e eu levo tudo lá. claro que fica mais demorado, mas pelo menos é mais fácil do que conseguir um dia para juntar todo mundo, né!

beijos!

Nanda Menegolo; disse...

Ai minha noossaaa...já não basta tudo o que temos que pagar pra festa...ainda temos essas MARAVILHOSAS taxas né??!! Uuiii...socoorroooo..ahahaha!!!
Eu vou fazer a cerimônia e a festa no mesmo lugar....vou me casar com um pastor que é tmb juiz de paz....Mas mesmo assim tenho que dar entrada em toda essa papelada antes né??!! Ai meu deus....Que pânicooo...kkkk

Bjo grande e mtaaaa sorte nessa reta final!!!

Que os anjinhos das noivas cuidem p/tudo sair perfeito!!!

Tatiana K Wolff disse...

Por que casar na igreja barateia? Obrigada por divulgar o valor, não tinha ideia da facada que vem por aí! Assim já vou preparando o noivo... rsrs
Bjs!

Jéssica Ramos disse...

Caramba, Biessa!!! O meu tb vai ser religioso com efeito civil mas saiu pela metade do preço que vc pagou!!! Mas não me falaram de pagar mais uma taxa quando sair a habilitação!! Ain Mon Deus, será?? Fiquei preocupada, agora... rs
Beijokas