Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Aliança de ouro branco - problemas

Não sei se cheguei a comentar aqui, mas nossas alianças são um modelo bem básico em ouro branco da Lisht. A escolha pelo ouro branco, assim como do modelo mais clean, foi uma questão de gosto tanto minha quanto do Leandro. Na verdade, eu não participei da escolha das alianças, mas por me conhecer ele foi no estilo certo, rs.

Enfim, usamos a aliança há mais ou menos seis meses e outro dia encanei que ela estava ficando mais "amarelada". No dedo, a diferença nem é tão visível, mas quando eu tiro o anel, dá para perceber que a parte de dentro está bem mais prateada que a parte de fora. Aí lá fui eu comentar com o Leandro: "Amor, que estranho, tô achando a aliança meio amarela...". E ele "Eu também!". Então fomos nós na Lisht ver qual era.

Lá, descobri que ouro branco não existe. Nem imaginava isso, que tonta! Enfim, ouro branco nada mais é que o ouro amarelo misturado com outros metais "brancos" como prata e platina em pouca quantidade (o ouro é um metal meio "molenga" e para virar joia tem de fazer essa liga com outros metais, ele nunca é 100% puro). Então a cor original dele é um cinza meio amarelado. Para ficar branquinha e brilhante, a peça toma um banho de ródio. E é exatamente esse "banho" que vai indo embora com o tempo...

Legal que a loja nos dá manutenção eterna e sem custos - sempre que quisermos, podemos levar as alianças lá para polimento e "retocar" o banho de ródio. A parte ruim é que isso demora uma semana e eu não quero me separar dela... rs

Fica aí a dica para quem ainda não comprou as alianças e está na dúvida entre ouro branco ou amarelo. E também fica o conselho de perguntar para a loja onde você comprou se tem manutenção e quanto custa!