Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Daminhas, ter ou não ter?

Nem eu nem Leandro temos crianças próximas. Nossos amigos ainda não têm filhos. A única criança próxima de mim é o Miguel, filho da minha prima. Ai, como ele é fofo! Queria muito que ele participasse! Mas na época do casório vai ter apenas 2 anos e meio e tenho medo de ele se assustar com as pessoas e não querer entrar. Seria muito lindinho ele levar as alianças, mas eu não vou ter um plano B, e aí como fica? Tenho de pensar numa alternativa, rs.

Enfim, minha cabeça está a maior confusão nesse quesito. Não quero colocar uma  daminha só por colocar - assim como os padrinhos, na minha cabeça, tem de ser alguém próximo e que tenha um significado na minha vida. Então estou pendendo para NÃO ter daminhas. Será que fica feio?

Muita gente atualmente tem feito as avós entrarem com as alianças. Mas Leandro e eu ainda temos todas as avós - quatro! -, então não achamos certo deixar ninguém de fora...
Ai, dúvidas!

10 comentários:

Jana e Gli disse...

Olá, sem pre leio o seu blog mas esta é a primeira vez que comento!!
Eu tbm penso que todos que participam principalmente da cerimonia tem que ser pessoas proximas do casal, que tenham algum significado para eles, no meu caso tbm nao tenho amigos que tenham filhos, entao acho que nao vou ter daminhas, OU eu vi uma vez um casamento em que quem entrou com as alianças foi o avô da noiva, eu axei superFOFO!!
Então estou pensando em pedir pra minha vovó linda entrar na igreja com elas, ao inves das crianças, afinal ela sempre deu a maior força pra mim e pro noivo, entao merece sempre ser lembrada neh?!!
Bjinhos!!

Bia disse...

Problema zero! Não é só porque existe um padrão ou uma tradição que você vai ter que parar numa agência de modelos mirins para arrumar uma daminha, né? Faça o que o seu coração mandar, chame a sua avó, ou o "cupido" que juntou vocês dois, ou até deixe que o noivo leve as alianças no bolso mesmo...

Acho que o que vocês decirem, certamente será o melhor! O que também dá para fazer é convidar o Miguel e você já fica com um plano B na manga, caso na hora ele trave e não queira entrar! Eu pensei em fazer isso com um priminho meu que vai ter 3 anos na época, mas como minha família tem muitas crianças, não será necessário!

Beijos!

noivamuitoneurotica.com disse...

Faço-me as mesmas perguntas diariamente.
Eu e o Gustavo somos os irmãos mais velhos, não temos sobrinhos. Nossos amigos não têm filhos. Tenho priminhos no interior, mas eles mal me veem...Minha afilhada tem atualmente 5 meses e meio e terá 1 ano e 1 mês na ocasião do nosso casamento...
Nem as minhas avós nem a do Gustavo estão em condições de andar uma nave toda carregando alianças...e eu honestamente não decidi entre o fofo e o estranho, considerando que a tradição das daminhas vem da idade média, quando as CRIANÇAS recepcionavam a chegada da noiva na igreja...
Tô como você.
Mas tendendo ao sem daminhas.

Leandro Leone disse...

Oie meu amor. Que dilemaaa hehehe. Amei o post. Quem sabe algum(a) leitor(a) não nos ajuda a soluciinar este misterio hhehe. Te amo Bi.

Say I Do disse...

Oi Biessa!
Td bem?

adorei seu blog!!!
quando puder conheça o meu:
www.sayido.com.br

bjss

lary530 disse...

Ahh, Biessa, coloca só ele mesmo! Vai ficar lindo!
Ainda mais que ele é pequenininho!
Se ele ficar com vergonha de entrar, a mãe dele poderia ajudar, ir de mão dada com ele...Se ela for madrinha ela pode chamá-lo no altar...

Você já viu alguns pagens e damas que entram com carrinhos de mão, carregando flores? É tão lindinho!

Se vc puder, vai lá no meu orkut e adiciona uns orkuts fakes de noivas... as fotos dão muitas idéias!!!

bjuss

Flávia disse...

Ah, amiga, não acho q fica feio não! Já fui em alguns casamentos sem daminha e não tirou nem um pouco o brilho da cerimonia!

Say I Do disse...

E se entrassem as 4 avos???

www.sayido.com.br

Tathy disse...

Eu não terei daminhas. Não tenho nenhuma criança próxima. Não vou "arrumar" qualquer criança para entrar. hehe
O noivo entrará com as alianças. Se minha avó estivesse viva gostaria que ela entrasse.

Anônimo disse...

Acho legal a ideia americana do 1º padrinho entregar as alianças e a 1ª madrinha segurar o buquê...